Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Uma Questão de Ratos!

 

 

É oficial, inquestionável e altamente irritativo. Pelo menos para mim. Se há coisa que detesto são... ratos! São autênticas pragas.

Hã?! Mas não é desses seres mamíferos roedores que pululam por aí... e também não são os pequenos animais de estimação que dão pelo nome de hamsters. Não! Estou a falar dos ratos dos computadores! Não, não tenho ratos dentro do computador... Só fora.

Vou-vos explicar o porquê de estar chateada com estes pequenos seres tecnológicos.

Não sei se já repararam mas desde que entrei em férias, ando a postar no portátil (daí os meus erros ortográficos!). Os portáteis são muito giros, pequeninos, amorosos, cutchi-cutchi, etc. Mas pra mim têm um defeito terrível: o rato! Lá está...

Este portátil até tem dois ratos mas aconteceu uma tragédia. Chuif! Estou tão desgostosa e desanimada... Não é que o meu ratinho wireless, tão bonitinho, pretinho e pequenininho se suicidou?!

Primeiro não dava sinal de si. Fizémos massagem cardíaca, respiração boca-rato, trocámos a pilha do pacemaker mas nada...

Optámos depois por uma solução mais drástica - fazer uma operação de peito aberto. Foi então que nos veio o cheiro. Cheirava a queimado...

Retirámos as pilhas que foram regarregar, enquanto o pobre rato está em conserva em líquido criogénico. Está num impasse: ou cura ou lixo...

Não tive outro remédio senão recorrer ao rato do próprio portátil. Já houve uma bruta discussão entre nós. Parece que falamos linguagens diferentes... eu mando fazer uma coisa e ele faz outra! Isto pode ser?!

E depois que raio de coisa é esta de andar a fazer cócegas ao rato com o dedo? Tem algum jeito? Só me apetece é enfiar-lhe o dedo pelo... pêlo adentro! Vá, não sejam assim! Pensam que não me chega já os dedos amarelos das pipocas?!

Tenho que vos confessar que estou a morrer de saudades do meu ratinho pretinho. E as saudades são tantas, que quando vim para o computador, vinha acompanhada de um café. Até aqui tudo normal. Acabei de beber o café e pousei a chávena ao lado do pc... Já estão mesmo a ver o que aconteceu, não? Pois é... peguei na chávena e desatei a andar com ela para trás e para a frente como se do meu ratinho se tratasse...

Será que já pirei da batatinha e não dei por isso? Ou foi algum espírito natalício que se apoderou de mim? Arfs!

 

 

Quem Tem Capa, Sempre Escapa...

 

... ou não! Tem estado um dia bastante chuvoso e eu não parei um segundo. Foi voltas e reviravoltas, ora a pé ora de carro...

Comecei o dia com um problema bicudo: como é que eu iria levar o Pimentinha à rua com uma chuva destas? o pobre bicho ia ficar encharcado.

Depois lembrei-me que ele tinha um apetrecho para protecção da chuva (ou semi-protecção). Fui buscar e pus-lhe a capinha. Ficou o máximo mas ele sentia-se estranho, parecia que tinha medo de se mexer... Mas depois passou-lhe a sensação de estranheza. Digam lá que ele não ficou o máximo?!

Tive de ir ao colégio hoje novamente. Eu bem digo que andam bruxas cá em casa... O N. deixa cair tudo, as coisas desaparecem e, o mais grave, até uns Registos de Avaliação dos alunos que eu me lembro perfeitamente de ter feito, desapareceram!!!

Resultado: lá fui ao colégio preencher mais meia dúzia dele... Arfs!

Estou danada. Por dois motivos. Primeiro porque o meu convite para a inauguração do metro não chegou a tempo. Eu bem disse "ó Socras (como carinhosamente o trato) vê lá se o convite chega a tempo...é que vai chover nesse dia e eu tenho uma agenda muito preenchida..." E ele respondeu-me "Fica escansada que o meu secretário está a tratar de tudo. serás a primeira a recebê-lo".

Afinal o secretário enganou-se na morada e depois foi uma confusão!

Perdi a inauguração (o mais importante eram os comes e bebes), perdi a chance de andar de graça no metro (embora tenha passe) e fiquei muito triste pois perdi mais um evento VIP na minha cidade...

Segundo motivo: estou capaz de engolir o pessoal da Yves Rocher. Então não é que aquelas abéculas nos deixaram agarradas e não nos disseram nada? Eu explico. Eles tinham uns conjuntos super-fixes de Natal e que até eram muito em conta. Apesar de terem sido pedidos com antecedência, os stocks esgotaram! Os maravilhosos conjuntos de Peónia e Lilás já eram... os boiões gulosos sumiram da face da terra... Pudera! Com aqueles cheiros de morango, amora, framboesa e baunilha, alguém os confundiu com toppings de gelados e os comeu!

 

Que acham que faça? Peço o livro de reclamações ou uma indemnização? Grrr!

Segundo motivo

Inquérito da Minha Vida Privada

01 - Que horas são? 23.00
02 - Nome? Pessoinha
03 - Quantidade de velas no ultimo aniversário? Duas! Queriam saber a idade, não era? :P

04 - Tatuagens? Só uma temporária numa mamoca
05 - Piercings? Jamais, Salomé! E o meu pavor de agulhas?!
06 - Já foi a África? Não.

07 - Já ficou bêbedo? Nop. Só alegre... é que começa a dar-me umas picadas na nuca avisar-me que já estou a atingir o limite e depois páro.

08 - Já chorou por alguém? Claro! Quem é que não chorou já?!

09 - Já esteve envolvido nalgum acidente de carro? Sim. Ia caindo por uma ribanceira abaixo porque uma roda e soltou. O que vale é que o meu pai na altura tinha muita força e conseguiu segurar o carro. O pobre cão rex é que saltou janela fora e depois tinha medo de entrar...

10 - Peixe, carne ou frango? Peixe e carne. Frango só se não for em demasia...
11 - Música preferida? One, U2
12 - Cerveja ou Champanhe? Cerveja, especificamente imperial.

13 - Metade cheio ou metade vazio? Metade cheio.
14 - Lençois de cama lisos ou estampados? É indiferente desde que, neste momento, sejam quentinhos!

15 - Filme preferido? Grease~com a Olivia Newton John e John travolta
16 - Flor? Rosas amarelas

17 - Coca-cola simples ou com gelo? Simples e sem gás... por causa do homem da coca-cola!
18 - De que pessoa recebeu este e mail/ desafio? De quem havia de ser?! Da minha amiga ExIsTêNcIa!

19 - Quem dos teus amigos vive mais longe? A minha amiga gaija que fugiu de Lisboa para se mudar para os confins nortenhos de Portugal.
20 - O melhor amigo? São três e que considero como as irmãs que não tenho: ExIsTêNcIa, M. e S.

21 - Quem acha que responde a este desafio mais rápido? Isso agora... Vamos lá a surpreender-me, meninas/os! A/o primeiro tem direito a um presente! :P 
22 - Quantas vezes deixa tocar o telefone antes de atender? As vezes que forem precisas até chegar ao pé dele mas nunca menos de duas...
23 - Qual a figura do seu mouse pad? LOL... num tenho... sou pobrezinha (e vai mais uma dica para prenda de Natal)
24 - Cd preferido? Não sei... Talvez os meus Cds de fotos... (Ihihihih! Não disseram qual era o tipo de CD...)

25 - Mulher bonita? Então mas esta perguntas faz-se? Espelho, espelho meu, há alguém mais belo do que eu?!

26 - Homem Bonito? Duh! Atão quem é que havia de ser?! O meu N., claro!
27 - Pior sentimento do Mundo? Em que sentido? Hipocrisia? Falsidade? Solidão? Infelicidade? etc...?

28 - Melhor sentimento do Mundo? O amor

29 - O que uma pessoa não pode ter para ficar contigo? Não pode ter falta de neurónios, conversa de chacha, ser melga, possessivo e ciumento e ter um odor asqueroso.

30 - Qual o primeiro pensamento ao acordar? Ultimamente tem sido: "ai que frio! Que bem que se está na caminha!"

31 - Se pudesse ser outra pessoa quem seria? Não queria ser outra pessoa. Queria ser eu mesma com os meus defeitos e virtudes...

32 - O que você nunca tira? Como assim? Não desatarracho os braços e as pernas, serve?
33 - O que você tem debaixo da cama? As gavetas que fazem parte da cama com a rouparia da cama

34 - Qual a pessoa que talvez não responda? A ExIsTêNcIa

35 - Aquela que de certeza te vai responder? Espero que todos os que me visitam e fazem comentarios assiduamente (meninas/os isto é uma intimidação!)

36 - Quem gostaria que respondesse? Todos os que me visitam. . Perguntas a implicar respostas muito iguais. olha a falta de imaginaçãooooo..
37 - Uma frase.... "Tudo eu, tudo eu!"

38 - Que dia é hoje? É dia de São Nunca à noite! Agora a sério...18 de Dezembro de 2007 (3ª feira)
39 - Qual o livro que está a ler? Como emagrecer comendo uma bruta ceia de natal... é óptimo este livro! :

P40 - Saudade.... de mim própria Há uns anos atrás... parvoces!.
41- Uma característica sua? Só uma? Ok, então eu acrescento mais .. o riso, a boa disposição, ser choricas, pavio curto, coração mole, beijoqueira e inventadeira.

Não vou passar este desafio a ninguém em especial. Quero ser surpreendida por vocês. Assim que cumprirem este meu desejo, podem notificar-me! Olha que o Natal vem aí e eu este ano sou mãe natal, understand? :P

Fui Denunciada!

 

 

Meus caros amigos, isto de andar a fazer asneiras é mau… muito mau! Somos sempre apanhados.

 

É do domínio da blogosfera que esta era Semana Oficial das Pipocas, certo? Como tal o que tínhamos de fazer? Comer as belas e doces pipocas. Eu como até sou uma menina bem mandada, comi. Não foram muitas mas comi. Elas não me saíam da cabeça. Tive de as comer.

 

Ora, se fosse à minha dietista estava tramada! E perguntam vocês porquê. E eu respondo: os meus dedos denunciavam-me!

De certeza que a médica me ia perguntar “o que é que tem nos dedos?” E eu ia ter de dizer “Andei a comer pipocas… (glup!)” E é claro que depois ia ouvir uma grande descasca. E com razão. Mea culpa.

 

Hão-de estar intrigados por causa dos meus dedos… Mas afinal o que é que ela tem nos dedos, devem estar vocês a perguntar a si próprios. Pois, digo-vos eu, estão lindos! Só de luvas é que eles ficam um espectáculo!

Sabem aqueles velhotes que fumam aquele tabaco mata-ratos, só com a pontinha do polegar e do indicador? E depois fica tudo amarelongo por causa do dito cujo? É mesmo assim que os meus dedos estão! Desde o polegar até ao médio, passando pelo indicador, está tudo amarelinho. Até parece que sou uma fumadora convicta e que fumo os cigarritos com a ponta dos dedos. E se pensam que é só isto, digo-vos já que não. A outra mão também está marcada. O dedo mindinho está todo amarelinho de lado.

 

Já viram isto?! Uma pessoa não pode cometer o pecado da gula que os próprios dedos denunciam-na! Que é que tem o livro de reclamações para eu poder escrever lá uma “mensagem de Natal”?

 

 

O Homem da Coca-cola

 

 

Eu e o N. sentámo-nos à mesa para degustar um salmão grelhado espectacular acompanhado de umas batatinhas e uns bróculos. Começámos a comer e a tecer elogios ao magnífico salmão.

conversa daqui, conversa dali, uma espreitadela no telejornal e entretanto o N. bebe um golinho da sua bebida. eu olho para ele e começo a vê-lo com uma cara muito estranha, de quem está a sentir algo anormal e está prestes a rebentar.

E zás! O N. protagonizou a mais fantástica sessão de arrotos alguma vez vista. Ele próprio ficou surpreendido com o poder gasoso daquela coca-cola.

Após análise minuciosa àquele líquido tão apreciado, chegámos à conclusão de que existia vida na coca-cola. e até chegámos a ver os seres coca-colianos!

Resumindo: o N. não protagonizou aquele espectáculo de sua livre vontade. Não. Ele foi possuído pelo "homem da coca-cola". E não era o Pai Natal!

Por isso, meus amigos, cuidado, muito cuidado ao beber coca-cola. Vejam primeiro se o "homem da coca-cola" não está dentro da vossa garrafa.!

Dia de Princesas

                                                

 

Ontem foi o dia das princesas, aqui em casa. Tive a honra da presença da princesa B. (a minha priminha) e a da princesa L. (a minha afilhada). Só foi pena os horários terem sido desencontrados.

As duas miudinhas estão o máximo. A B. já ultrapassou a fase do Natal e já está no Carnaval. E até já escolheu a sua máscara: quer vestir-se de noiva. E isto porquê? Porque todos os dias vai ver o vídeo do casamento dos pais e vai admirar o vestido de noiva da mãe. E até o quer experimentar...! Mas a pobre B. ainda tem que crescer mais um bocado: é que nem em cima de uma cadeira o vestido lhe serve!!!

Nos seus planos futuros está tirar a carta de condução. E já tem tudo planeado. Quer um carro azul (sua cor preferida) e grande para levar toda a gente lá dentro. Até o Bóbi e o Pimentinha lá têm o seu lugar reservado! Grande salganhada que havia de ser com estes dois...

A L. está muito esperta e desenvolvida. Passou a noite inteira a cantar-me a canção de Natal que vai apresentar na festa do infantário. E tudo muito direitinho! Cantou para mim, e para o resto da família.

Agora gosta imenso de inventar histórias. Imaginou que estava um bicho debaixo da minha cama e, depois de fazer um grande filme, acabou por ser ela a derrotar o bicho e matá-lo! Se não fosse esta princesa...

Pediu-me para lhe fazer o tótó como o meu (eu estava com o cabelo apanhado com uma mola), e para lhe pintar as unhas... de cor de rosa! Disse-me que a mãe também lhe tinha pintado as unhas desta cor! Como eu conheço bem a mãe e sei que ela não usa verniz, calculei que aquilo fosse mais uma história inventada.

Para rematar a mudança de visual, fiz-lhe uma coroa de papel que ela adorou!

Foi assim que se passou mais um último dia de aulas. Fartei-me de fazer jogos com os meus alunos, que eles adoraram, e ainda recebi 3 prendinhas! Não estava nada à espera...

Parece que, afinal, o meu Pai Natal chegou mais cedo.

Agora só falta o meu princípe encantado, que está a caminho, vir buscar-me para irmos para o nosso castelo altaneiro. E com o meu fiel escudeiro, Pimentinha!

Hipocrisia Familiar

Rockwell, Norman, A Family Portrait

 

 

Lembram-se daquele post em que eu vos contei que fracturei o pé no casamento da minha prima? Só não vos contei que toda a família se preocupou comigo menos ela. Não, ela não foi em lua-de-mel logo a seguir ao casamento. Por uma conveniência qualquer, só foi quase uma semana depois para as Maldivas. Mas isto é só para vos dizer que ela nem uma SMS me enviou a perguntar se estava melhor. Quando regressou, lá deu um saltito aqui a casa para ver como eu estava. Até porque agora parecia mal… Afinal a casa dela era na rua da minha mãe, do outro lado do passeio, 3 prédios acima.

 

Ontem veio aqui encomendar-me alguns produtos que eu vendo da Yves Rocher. Lá escolheu, o mais barato possível, e mesmo assim sempre a hesitar nos preços. Decidiu pedir um gel de banho, para uma prima nossa, cujo valor é de 2.99€. Até aqui tudo bem se ela fosse outra pessoa, já vão perceber porquê.

Estive a explicar-lhe alguns detalhes dos produtos e às tantas faz-me o seguinte comentário: “Não posso gastar dinheiro porque as coisas este ano estão muito más…” Deu-me um nojo descomunal, uma revolta nas entranhas mas mantive-me calada.

Então as coisas estão muito mal para ela que comprou uma casa de quase 50 mil contos e não vendeu a anterior, cujo marido ganha montes de dinheiro pois é dono de um gabinete de contabilidade, que tem a casa de solteiro do marido arrendada, que já comprou duas casas a pronto com o meu tio para alugar, que se abastece na mercearia da mãe a custo zero, que tem uma sogra que é um amor de pessoa e que não sabe o que fazer para agradar a minha prima por isso dá-lhe tudo, que é efectiva numa multinacional e não ganha nada mal?

 

Então que hei-de dizer eu?! Que andei de cavalo para burro, graças às sucessivas alterações dos concursos de docentes? Que suo as estopinhas em busca de emprego, que graças a Deus tenho conseguido à minha custa? Que tenho dois pais reformados com uma “fortuna” e a quem dou uma ajuda com o meu mini-ordenado? Que me farto de lutar, pois não me cai nada no colo, e nunca baixo os braços? Cinismo, não! Não suporto.

 

E ainda comentou comigo que não precisava de comprar muita coisa para oferecer pois a sogra o ano passado comprou prendas a dobrar para que a minha prima as pudesse oferecer, estão a perceber? Ou seja, a minha prima o ano passado não gastou dinheiro em prendas e este ano muito pouco. Nem em prendas nem em nada porque lhe dão tudo. Nunca precisou de fazer nada para ter o que quis. Sempre lhe caiu tudo no colo num estalar de dedos. Só é pena a minha prima ter tanto e não partilhar com os outros, ter tanto e ainda cravar os outros, ter tanto e ser tão somítica com tudo, ter tanto e não ajudar ninguém. Acha sempre que aquele cêntimo que gastou foi mal gasto nem que seja algo que ela precise para viver.

 

O cúmulo do cinismo e hipocrisia foi o aniversário da filha dela. Andou a espalhar aos sete ventos que não fazia nada no aniversário da filha por causa disto e daquilo (já não me lembro dos argumentos). A mim não me fazia diferença pois não fazia questão de ir, ia mais por uma questão de cerimónia e respeito pelos meus tios.

Vim a saber, depois, que fez uma festa de arromba na vivenda da sogra mas só convidou os amigos cheios de dinheiro, a família do marido e as tias ricas solteironas que um dia lhe irão deixar toda a fortuna. A ela e ao irmão pois são os únicos sobrinhos das tias ricas. Convém dar graxa também.

 

Acho que estas coisas são de muito mau gosto. Infelizmente, ela escolhe as pessoas pelo seu extracto bancário e pelo interesse que elas possam ter. Nós, as primas, pertencemos à parte pobre da família. Não nos enquadramos, economicamente, naquele meio. E ainda bem pois são só cromos horrendos e broncos.

Não gosto de fazer distinção entre pessoas nenhumas. Sempre que faço uma festa convido as minhas 3 primas direitas, com as quais fui criada (nas quais esta está incluída) e os meus amigos que são pessoas cultas, de mentalidade evoluída e muito bem educados. São pessoas afáveis, simpáticas e com quem se pode ter uma bela conversa. Não é o estatuto socio-económico que estabelece os laços de amizade mas sim a empatia, o amor e as vivências em comum.

Pronto, acabei o meu desabafo!

 

Diz Que Até Não é Um Mau Blog

 

 

Já sabem que eu sou uma granda lamechas, não já? Ora o que acham que aconteceu qunado entro nos blogs amigos e vejo que tão nobre galardão me foi atribuído? Uma grande choradeira, tá-se mesmo a ver, não é?

Do fundo do coração, obrigada pelo tempinho que passam aqui para me ler e comentar os meus devaneios. Vocês são todos muito importantes para mim!!!

 

Então vamos lá ao galardão, propriamente dito, e que me foi atribuído por não uma... não duas... mas três amigas: são elas a Papoila, a Mia e a ExIsTêNcIa!

 

Regras:


1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons, entende-se como bom os blogs que costuma visitar regularmente e onde deixa comentários.


2. Só e somente se recebeu o “Diz que até não é um mau blog”, deve escrever um post:
- Indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog;
- A tag do prémio;
- As regras;
- E a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.


3. Deve exibir orgulhosamente a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele.


4. (Opcional) Se quiser fazer publicidade ao blogger que teve a ideia de inventar este prémio, ou seja – Skynet - pode fazê-lo no post).

 

 

Bom e eu vou nomear os seguintes blogs:

- pintas tintas e manias

- LUANAEOMAR

- Helldanger

- Espírito Inquieto

- OceanodePensamentos

- Trinta ao virar da esquina

- Crisálida

 

Errr... será que posso violar as regras para colocar aqui os resto dos meus blogs preferidos? Depois digam qualquer coisinha faxavor...



Semana Oficial de Pipocas da Blogosfera!!!

                                                 

 

 

Declaro formalmente aberta no meu blog a Semana Oficial de Pipocas da Blogosfera!!!

Tal como a amiga M. diz, as pipocas são absolutamente viciantes, deliciosas e docinhas! Vamos lá cometer um pecado... só desta vez! :)))

Eu já cometi o meu. E tu?

 

 

 

De Esperanças

A barriga estava já grande.

Não sei de quantos meses.

Também não sei o sexo.

Lembro-me de mexer na barriga, a acariciá-la.

Lembro-me de estar preocupada com o peso.

Para além disto estava tudo bem.

As preocupações monetárias estavam postas de lado.

Apenas a felicidade reinava e invadia os nossos corações.

O mundo era cor-de-rosa e a criança que ia nascer trazia uma promessa de mudança, de renascer e começar tudo de novo.

Desta vez com tranquilidade e sem preocupações.

O pai já tinha sonhado com ela.

Adivinhara-lhe as feições:

Uns belos olhos azuis e cabelo preto.

Os avós deliciavam-se de orgulho e contentamento.

Esta criança era fruto de um amor longo e maduro.

 

 

Sonhei que estava grávida. Isto nunca me tinha acontecido…